Marcas da Justificação

A Doutrina Bíblica da Justificação somente pela Fé em Cristo revela o ato exclusivo, único, definitivo, forense e gratuito de Deus Pai para perdoar, aceitar e declarar justos pecadores diante dEle, baseado somente na perfeita obediência e no sacrifício de Cristo que satisfizeram perfeitamente e totalmente a justiça divina para salvar pecadores da ira de Deus e torná-los filhos de Deus para sempre.”

Pr. Paulo Corrêa
Fundador da Missão Justificação pela Fé

 

1. A justificação é Gratuita

A justificação é realizada gratuitamente por Deus Pai, por isso independe do desempenho e da quantidade de boas obras dos pecadores. Por isso, pecadores justificados são adotados como filhos de Deus por consideração a Jesus Cristo e sempre terão livre acesso ao perdão conquistado na cruz. (Romanos 3.22-24)

2. A justificação é Baseada no Sangue de Jesus

A justificação é baseada no derramamento do sangue de Jesus que satisfez completamente a justiça de Deus e por isso tem o poder para salvar definitivamente da ira do Pai aqueles que receberam a fé justificadora. Deus Pai, então, absorve tais pessoas da condenação eterna, por causa do sangue de seu Filho. (Romanos 3.25;5.9; 1 João 1.7)

3. A justificação é pela Fé justificadora em Jesus

A justificação é alcançada somente pelo instrumento da Fé justificadora em Jesus Cristo que é recebida do Espírito Santo no novo nascimento. Essa fé é recebida de pela graça de Deus, mediante a pregação do Evangelho. (Efésios 2.8; Romanos 3.28)

4. A justificação é  um Ato Definitivo do Pai

A justificação é um ato definitivo realizado somente pelo Deus Pai. Portanto, é imediato(não gradual), externo ao homem (não há participação humana) e irrevogável no momento em que alguém crê em Jesus pela fé justificadora recebida no novo nascimento, pelo agir do Espírito Santo. (Romanos 8.1; 3.25-26; 2Coríntios 5.21; Efésios 2.8-9)

5. A justificação é uma Declaração Forense do Pai

A justificação é um ato judicial (forense) de Deus, quando Ele decide imputar(creditar) a justiça de Cristo no crente, declarando-o como justo, apesar de ainda continuar sendo pecador. Ao invés de Deus ver os pecados do pecador, no lugar deles, Ele enxerga somente a justiça de Cristo imputada, portanto livres da condenação para sempre. (Romanos 5.18-19)

6. A justificação é uma sentença Oposta à Condenação.

A justificação é uma sentença de Deus Pai que é oposta à condenação. Ele muda a sentença de pecadores que tem fé em Jesus, de culpados para inocentes(absorvidos) da condenação eterna. Por isso não há mais condenação para aqueles que foram justificados somente pela fé em Jesus. (Romanos 8.33)

7. A justificação é  Obediência Ativa e Passiva

A justificação é o ato de Deus imputar a obediência ativa e passiva de Cristo, ou seja, a sua justiça naqueles que tem fé em Cristo. Essa justiça, recebida de uma vez por todas pela fé, contempla a sua obediência ativa  (a responsabilidade de cumprir toda a lei) e a passiva (a forma como obedeceu até a morte de cruz). Por isso os pecadores justificados são totalmente responsáveis por obedecer a Deus e sua Palavra. (Filipenses 2.7-8;  Romanos 3.22-24)