O Evangelho leva a uma vida de santidade e de piedade

O Evangelho, que é o poder de Deus para todo aquele que crê em Jesus Cristo para salvação, nos deu tudo de que necessitamos para uma vida de santidade, piedade, zelo e devoção a Deus.

1# Pelo Evangelho temos conhecimento das promessas de salvação e novo nascimento pela fé em Jesus Cristo. Elas nos tornam participantes da nossa nova natureza em Deus, natureza oposta à corrupção que há no mundo por causa da cobiça.

2# Empenhemo-nos em praticar o Evangelho para acrescentar à nossa FÉ a VIRTUDE DE CRISTO. Imitemos a mesma virtude de Cristo, pois ele teve obras. A fé sem obras é morta, portanto a fé em Cristo deve ser acompanhada de vida honesta e de bondade moral.

3# Além disso, acrescentemos à nossa VIRTUDE o CONHECIMENTO DO EVANGELHO. Cristo nos amou sem merecermos, sabendo disso pelo Evangelho, seremos bons com os outros (mesmo sem merecerem) assim como Cristo foi conosco ao ponto de dar sua própria vida em nosso lugar por amor.

4# Além disso, acrescentemos ao CONHECIMENTO DO EVANGELHO o DOMÍNIO PRÓPRIO contra os nossos pecados. Pois, conhecimento sem prática é hipocrisia. Se sabemos fazer o bem e não fazemos, pecados. Quanto mais amamos a Deus, maior será nosso domínio próprio para resistir aos pecados.

5# Além disso, acrescentemos ao DOMÍNIO PRÓPRIO a PERSEVERANÇA no Evangelho de Cristo. Precisamos preservar no Evangelho. Um dia Jesus vai voltar e veremos como valeu a pena permanecermos lutando contra o pecado e obedecendo a Deus, apesar dos nossos sofrimentos e prejuízos.

6# Além disso, acrescentemos à PERSEVERANÇA a PIEDADE segundo o Evangelho. A piedade é a maneira do justo viver pela fé. Procurando viver como Cristo viveu neste mundo: obedecendo e praticando a Palavra na presença de Deus.

7# Além disso, acrescentemos à PIEDADE a FRATERNIDADE. Amemos nossos irmãos e irmãs da igreja como Deus nos amou. Segundo o Evangelho, mesmo se merecermos tal posição, fomos justificados pela fé, e então passamos a sermos tratamos como irmãos do Senhor Jesus pelo próprio Deus.

8# Por fim, acrescentemos à FRATERNIDADE o AMOR incondicional de Deus a todos, inclusive aos nossos inimigos. Não podemos amar somente aos que são nossos irmãos em Cristo, mas precisamos amar a todos pela fé em Cristo. Sem que nossos inimigos mereçam nosso amor.

9# Se essas qualidades (FÉ, VIRTUDE, CONHECIMENTO, DOMÍNIO PRÓPRIO, PERSEVERANÇA, PIEDADE, FRATERNIDADE, AMOR) oriundas do Evangelho existirem com frequência em nossa vida, seremos produtivos para o Reino de Deus. Caso contrário, seremos cegos e improdutivos no Reino de Deus.

Em Cristo e com Amor,

Pr. Paulo Corrêa

Comentários